Perguntas Frequentes

    Geral

    1. A indústria de detergentes realizou ensaios em animais em algum dos seus produtos?
      Estamos comprometidos em eliminar os ensaios em animais. Durante mais de 20 anos tem sido nossa política reduzir, melhorar e substituir os ensaios em animais por métodos alternativos. A grande maioria dos produtos detergentes, no passado, chegou ao consumidor sem qualquer ensaio em animais e continuará assim no futuro. Os ensaios em animais são apenas realizados quando não existe outro método alternativo. A A.I.S.E. e o Cefic são parceiros na iniciativa conjunta EPAA (Associação Europeia de Métodos Alternativos aos Ensaios em Animais). A EPAA representa uma colaboração sem precedentes entre a Comissão Europeia, as principais empresas e as associações de sete sectores industriais. Os parceiros desta iniciativa comprometem-se a partilhar conhecimentos, investigações e recursos a fim de acelerar o desenvolvimento, validação e adaptação de métodos alternativos aos ensaios em animais durante um período inicial de cinco anos.
    2. Gostaria de saber mais sobre um produto específico - que procedimento devo seguir?
      O conselho mais importante que os fabricantes de detergentes e produtos de conservação podem dar é também o mais simples: leia sempre o rótulo antes de utilizar um produto. Também pode obter informação sobre um produto através da linha de atendimento ao cliente ou do sítio internet do fabricante. De acordo com o Regulamento (CE) n.º 648/2004 relativo a detergentes, os fabricantes fornecem nos seus sítios internet mais detalhes sobre os ingredientes utilizados nos detergentes. Clique aqui para saber onde pode encontrar mais informações sobre um detergente ou um produto de conservação.
    3. O que faz a indústria para melhorar a qualidade da informação ao consumidor?
      A indústria está empenhada em fornecer aos utilizadores informações claras e adequadas sobre como utilizar os produtos de um modo seguro, eficaz e sustentável. A melhor maneira de fazer isso é através de rotulagem clara e fácil de entender que forneça recomendações sobre a utilização correcta do produto. Outras formas de comunicação incluem sítios internet e linhas de atendimento ao cliente. Este sítio é mais um exemplo desta preocupação da indústria.
    4. O que significa um quadrado laranja com uma cruz preta? Porque razão alguns produtos contêm a indicação irritante?
      Os detergentes e produtos de conservação devem apresentar certas informações obrigatórias se forem classificados como "perigosos" de acordo com a legislação europeia (Directiva 1999/45/CE sobre Preparações Perigosas). Este símbolo representa o nível de classificação mais baixo para de um produto classificado nos termos desta legislação europeia. Os produtos classificados como irritantes para os olhos ou para a pele, de acordo com esta legislação, devem apresentar este símbolo na embalagem do produto. Para obter mais informações sobre símbolos de perigo obrigatórios, clique aqui
    5. Os detergentes e produtos de conservação são seguros?
      A nossa indústria tem todo o interesse em garantir que os produtos são seguros durante a utilização. Obviamente não queremos prejudicar os nossos consumidores. Além de cumprirmos todas as exigências legais, nunca lançamos um produto sem termos dados científicos fiáveis que comprovem a sua segurança, conforme o princípio de obrigação geral de segurança. Estamos comprometidos em garantir a segurança das pessoas e do ambiente, e revemos constantemente as nossas formulações à luz de novos dados científicos para manter níveis elevados de segurança.
    6. Os detergentes e produtos de conservação utilizam substâncias químicas perigosas?
      Os fabricantes só utilizam ingredientes que são essenciais para a função de um produto, e só o fazem se os ingredientes forem considerados "seguros", quando o produto é utilizado de acordo com as instruções do fabricante. A questão subjacente aqui é "Como é que a indústria pode avaliar se um ingrediente é seguro?" Isto está relacionado com a gestão dos perigos e riscos  que é abordado na secção sobre Segurança. Os fabricantes levam em conta as conclusões das avaliações de riscos das substâncias químicas para determinar e aplicar as medidas de gestão de risco relevantes. Uma vez que tenha sido estabelecido que a utilização de uma substância é segura sob certas condições, e que essas condições correspondem à utilização correcta e prevista do produto, esse ingrediente é considerado seguro para utilização no produto. Os fabricantes fornecem todas as informações e conselhos necessários no rótulo do produto para que os consumidores possam utilizar esses produtos de forma segura e eficaz.
    7. Posso utilizar um produto de limpeza em conjunto com outros produtos de limpeza doméstica?
      Não é recomendável que se misture nenhum detergente ou produto de conservação. Todas as informações importantes sobre como utilizar com segurança os detergentes e produtos de conservação e como obter os melhores resultados podem ser encontradas no rótulo do produto. Ao ler e seguir atentamente as instruções fornecidas, os utilizadores podem proteger-se a si e ao ambiente, e ao mesmo tempo, obter os melhores resultados do produto. Para obter mais informações, clique aqui. Veja também os símbolos de utilização segura
    8. Que medidas foram tomadas pela sua indústria, em resposta às questões ambientais?
      A nossa indústria está fortemente empenhada em tratar as questões ambientais no contexto global do desenvolvimento sustentável. Os fabricantes trabalham continuamente para melhorar a eficiência e a sustentabilidade das suas actividades industriais e logísticas, e utilizar os ingredientes com menos impacto para o ambiente. Também participam em várias iniciativas para informar os consumidores sobre como utilizar os seus produtos de um modo sustentável. Para saber mais sobre as principais iniciativas implementadas pela indústria, clique aqui
    9. Sofro de diversas alergias. Como posso saber quais são os produtos apropriados para mim?
      Se sofre de alergias, deve consultar o seu médico para identificar os alergéneos ou ingredientes responsáveis pela sua alergia. Para evitar uma reacção alérgica, escolha os produtos que não contenham essa ou essas substância(s). A legislação exige que os rótulos contenham mais informações sobre os ingredientes e que a formulação qualitativa dos detergentes estejam disponíveis num sítio internet. O endereço do sítio pode ser encontrado no rótulo do produto. Também pode contactar a linha de apoio aos consumidores da empresa no país onde vive, através do número de telefone ou do endereço de correio electrónico que deve ser indicado no rótulo do produto. Em caso de dúvida, fale com o seu médico que pode pedir à empresa que lhe forneça uma ficha de informação relativa aos ingredientes. Para mais informações clique aqui
    10. Todos os tensoactivos usados nos detergentes são biodegradáveis?
      Sim. Todos os tensoactivos utilizados nos detergentes devem cumprir a legislação europeia actual, por exemplo, o Regulamento (CE) n.º 648/2004 relativo aos detergentes. Este regulamento impõe que todos os tensoactivos utilizados nos detergentes e produtos de conservação (tensoactivos aniónicos, não iónicos, catiónicos e anfotéricos) devem ser totalmente biodegradáveis. Todos os detergentes têm de ser avaliados e os resultados devem ser bem documentados para o controlo das autoridades. Para obter mais informações sobre a biodegradabilidade dos tensoactivos clique aqui. Para obter mais informações sobre os tensoactivos clique aqui

    Ingredientes

    1. Alguns dos seus produtos contêm fosfatos?
      Alguns produtos em alguns países contêm fosfatos. Os fosfatos são essenciais para os detergentes das máquinas de lavar louça, que têm uma utilização optimizada de ingredientes/carga de substâncias químicas e para uma lavagem eficiente a baixas temperaturas, o que proporciona redução do consumo de energia e assim contribui para a redução de emissões domésticas de gases com efeito de estufa. A contribuição dos detergentes nas emissões de fósforo é limitada em comparação com outras fontes, como por exemplo, a agricultura. Para algumas aplicações, a utilização de fosfato continua a ser a melhor opção para produtos seguros, eficazes e de baixo consumo de recursos. Também é sabido que os fosfatos podem ser eliminados com um tratamento eficaz das águas residuais. Não obstante, nas últimas duas décadas, a indústria de detergentes empreendeu grandes esforços para reduzir significativamente a utilização de fosfatos em geral. Estas reduções dizem respeito principalmente à utilização de fosfatos em detergentes para a roupa. Os fabricantes estão continuamente a trabalhar para melhorar a eficácia e a sustentabilidade dos seus produtos, e a utilizar ingredientes com menos impacto para o ambiente. Para mais informações sobre sustentabilidade, clique aqui
    2. As enzimas utilizadas em detergentes e produtos de conservação são seguras?
      Sim. A actual utilização de enzimas nos produtos para a lavagem da roupa e produtos de limpeza não representa problemas de segurança para os consumidores. Isto está devidamente documentado na literatura publicada. As enzimas não são tóxicas se ingeridas, são facilmente biodegradáveis e não representam um risco para o ambiente. Muitas proteínas podem provocar alergias se forem inaladas repetidamente. Pólen, ácaros, pêlos de animais, e farinha são bem conhecidos alérgeneos por inalação. As enzimas são proteínas, pelo que também são potenciais alérgeneos por inalação. No entanto, a alergia às enzimas é um risco ocupacional para os trabalhadores de fábricas que manipulem grandes quantidades de enzimas com a possibilidade de serem repetidamente expostos a grandes concentrações. Muitos anos de experiência e diversos estudos mostram que as enzimas utilizadas em detergentes não apresentam risco de causar alergia aos consumidores. Não há evidências de que as enzimas causem sensibilização da pele (dermatite alérgica de contacto), uma forma diferente de alergia, associada a substâncias de baixo peso molecular. As pessoas que trabalham no fabrico de enzimas e de detergentes respeitam as orientações da AISE para manusear as enzimas em segurança. Para mais informações acerca destas orientações, contacte a A.IS.E. Para mais informações sobre a avaliação de riscos, clique aqui
    3. Os detergentes e produtos de conservação contêm conservantes?
      Sim. Os conservantes são necessários em muitos detergentes e produtos de conservação para evitar a degradação do produto causado pelos microorganismos , e para proteger o produto da contaminação acidental pelo consumidor durante a utilização. Para mais informações sobre os conservantes, clique aqui. Para obter mais informações sobre a segurança dos ingredientes, clique aqui
    4. Será que a utilização diária de sprays de limpeza causa asma?
      Não. Todas as evidências científicas disponíveis não confirmam esta ideia. São realizadas avaliações de segurança integrais antes de comercializar qualquer produto. Os fabricantes asseguram que os seus produtos são seguros para a utilização através de testes rigorosos e fornecendo instruções fáceis de cumprir. Para mais informações sobre avaliação de risco, clique aqui
Deutsch Français Nederlands
Deutsch Français